Fibromialgia – conheça os pontos de dor

Não ignore os sinais deste problema reumático, sobretudo, se as dores músculo esqueléticas persistirem por mais de três meses.

Esta doença caracteriza-se por sinais que, por vezes, podem passar despercebidos, entre eles uma dor crónica pelo corpo, alterações do sono, fadiga e perturbações emocionais. O incómodo persiste por mais de três meses, sobretudo, em pelo menos 11 dos 18 pontos de dor.

 

Apresentam-se a seguir os pontos de dor:

 

– 1 e 2 –Cervical Inferior – reside nos lados esquerdo e direito da cervical (junto ao pescoço);

– 3 e 4 –Segunda costela – A dor reside na junção costocondral da segunda costela, tanto à esquerda como à direita;

– 5 e 6 – Epicóndilo – Mais precisamente a dois centímetros externamente do chamado músculo epicôndilo lateral esquerdo e/ou direito, bem perto do cotovelo!

 

 

– 7 e 8 – Joelho– Bilateral,a dor situa-se no músculo interno superior, sobre a articulação;

– 9 e 10 – Occipital – A dor é bilateral e reside no músculo suboccipital;

– 11 e 12 – Trapézio – Também bilateral, situa-se no ponto médio do bordo do músculo;

– 13 e 14 – Supra espinhoso – Perto do músculo superior da omoplata, é uma dor que ocorre no lado esquerdo e/ou direito ;

– 15 e 16 – Grande Trocânter – Dor bilateral na zona da anca (rins), precisamente posterior à denominada zona trocantérica;

-17 e 18 – Glúteo – Também do lado esquerdo ou direito, o incómodo surge no quadrante muscular superior externo da nádega;

 

 

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.