fbpx

PREVINE A TRÍADE DA MULHER ATLETA

Devido às suas necessidades nutricionais específicas e características particulares, a mulher desportista corre o risco de sofrer de uma tríade de transtornos que combina em défices nutricionais e doenças do comportamento alimentar.

A tríade caracteriza-se pela presença de uma alimentação desordenada, com tendência para a anorexia dado que a mulher tende a diminuir a sua ingestão alimentar devido às preocupações excessivas com o peso corporal; amenorreia, ou seja, ausência de período menstrual o que é um sintoma frequente de que algo não está bem, frequente quando há anemia e défices calóricos acentuados; e perda de massa ossea que, em alguns casos, pode levar à osteoporose, mas de uma forma geral aumenta o risco de fracturas e lesões desportivas.

No entanto, não te deves suplementar com ferro sem conselho médico porque é tóxico e oxidante. Procura fazer análises pelo menos uma vez por ano ou duas se houver alguma tendência para anemia. Uma alimentação equilibrada fornece-te as doses diárias recomendadas para a população em geral, numa fase de treino mais intensa podes ponderar uma suplementação de vitaminas e minerais especialmente dirigida para o desporto:
– vitaminas do complexo B,

– cálcio, magnésio,

– zinco,

– vitamina C,

– coQ10, entre outros.

Sempre que possível pede conselho a um nutricionista.

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.