SHIATSU – terapia oriental ao serviço do corpo e da mente

De origem japonesa, o shiatsu é uma espécie de acupuntura sem agulhas, pois esta terapia acenta em alguns dos princípios básicos da medicina tradicional chinesa.

procurando dar aos seusutilizadores um estado pleno de saúde e bem-estar, o shiatsu é uma terapia que, através da pressão e compressão de pontos vitais do corpo, facilita  e reequilibra a energia interna. Shíatsu significa isso mesmo em japonês: pressão (atsu) com os dedos (shi). O shiatsu é uma terapia manipulativa japonesa, uma vez que é utilizada não só como uma ferramenta de relaxamento e de bem-estar, mas também, e maioritariamente, como forma de tratamento e prevenção de patologias específicas. De facto, o shiatsu tem um papel determinante ao nível da prevenção regular de patologias, uma vez que ajuda a fortalecer o sistema imunitário. “Com um objetivo meramente preventivo, o indicado é a realização de uma sessão de shiatsu por semana. Tratando-se de uma situação terapêutica específica, poderá haver necessidade de fazer mais sessões semanalmente”, diz o presidente da Associação de Shiatsu de Portugal, salientando que esta terapia não tem qualquer contraindicação, desde que seja aplicada corretamente.

“O shiatsu funciona essencialmente com técnicas de pressão e compressão, pelo que se o paciente tiver algum tipo de lesão em que seja contraindicado pressionar essa zona então o shiatsu é contraindicado. Por isso, é fundamental que o terapeuta faça um diagnóstico correto de cada paciente e tenha acesso a todas essas indicações, para poder trabalhar de acordo com as condições específicas de cada um. Mas na verdaçle não existem propriamente efeitos secundários em relação a esta terapia, que pode ser aplicada em qualquer pessoa, independentemente da idade”, diz Marco Vieira, destacando os seus benefícios no caso das crianças, que dela podem usufruir desde os seis meses de idade. Importante será referir que uma sessão de shiatsu deve demorar, em média, entre uma
hora a uma hora e meia, trabalhando todas as áreas do corpo, dos pés à cabeça, de costas e de frente, podendo existir casos específicos em que se trabalha apenas uma zona do corpo, sobretudo quando o shiatsu é utilizado apenas para relaxamento e bem-estar, porque no sentido terapêutico ele deverá trabalhar todo o corpo, uma vez que o organismo funciona como um todo.

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.