Os 10 segredos da felicídade

De certeza que conheces alguém que está sempre feliz e bem-humorado… achas que nasceu assim?

Talvez sim, talvez não mas se observares o seu dia-a-dia, encontrarás alguns comportamentos que reforçam esse bem-estar. 10 hábitos pela tua felicidade!

1] COMEÇA O DIA COM UM PEQUENOALMOÇO COMPLETO.

As pessoas que comem fruta fresca, cereais pouco refinados, fontes proteicas como o ovo e até verduras ao pequeno- almoço têm menos probabilidades de sofrer de uma depressão.

02] BEBE CHÁ EM VEZ DE CAFÉ, SOBRETUDO CHA VERDE

 O café é a droga mais consumida em todo o mundo, mas o chá tem beneficios comprovados na saúde e um efeito energético igualmente respeitável. As pessoas que bebem 4 chávenas de chá verde por dia têm 44% menos de probabilidade de ficar deprimidas. Além de ser relaxante, o chá verde previne doenças cardiovasculares e
várias formas de cancro.

3] FAZ EXERCÍCIO DIARIAMENTE.

O exercício liberta endorfinas, neurotransmissores que promovem o bem-estar, além disso, as pessoas fisicamente activas tendem a ser mais saudáveis e também mais bem- dispostas porque se sentem bem consigo mesmas. Basta caminhares 25 a 30 minutos num dia mais atarefado no lugar de te ficares a lamentar no sofá.
4] E INCLUI EXERCÍCIO ANAERÓBIO.
Até há pouco pensava-se que apenas o exercício aeróbio, como caminhar ou correr a baixa intensidade, prevenia a depressão. No entanto, o esforço intenso, de tipo anaeróbio, como os pesos ajudam a aumentar a massa muscular e sobretudo dão auto-estima porque começas a ser capaz de fazer coisas que pensavas não ser possível, por exemplo carregar as compras sem dificuldade. Uma só sessão de 20 minutos de pesos aumenta o bom humor nas 12h que se seguem. Não tens de ser escrava do ginásio, faz uns agachamentos, umas lunges, umas flexões, etc. em circuito usando
halteres ou até elásticos.
5] VERIFICA SE ESTÁS ANÉMICA.

O ferro é o mineral que transporta o oxigénio para as tuas células e tecidos. Os estados pré-anémicos são caracterizados por depressão, irritabilidade, falta de energia e pioram se a anemia se verificar. As mulheres desportistas têm maior propensão para este défice, por isso verifica os teus níveis de ferritina e fala com o teu médico sobre a possibilidade de te suplementares em fases de treino mais intensas.

6] EVITA A JUNK-FOOD.

Primeiro comes e depois ficas-te a lamentar. Este tipo de alimentos — hamburgers, pizzas, bolachas, bolos, sobremesas doces industriais, etc, trazem uma satisfação transitória que se transforma rapidamente em culpa e como já te dissemos o seu consumo está associado à depressão. Porque não tentas fazer uma opção dessas em casa, grelha um hamburger de carne magra, usa pão escuro, põe alface e tomate no pão, não uses molhos e escapa-te das calorias líquidas do refrigerante e das batatas industriais. Faz tu mesma a comida e notarás diferenças.
7] NÃO SIGAS DIETAS RESTRITIVAS.
Dieta é para doentes e só dura 3 dias. Nós sabemos que todos os meses saem milhares de fórmulas com promessas de resultados que te fazem vacilar mas pensa que depressa e bem não faz ninguém. As dietas de revista restringem os hidratos de carbono, porque assim é fácil perderes peso, não necessariamente emagreceres, só que esta restrição afecta o teu rendimento no ginásio e sabes bem que sem exercício não consegues grandes resultados e o teu humor.
8]PARTICIPA NUM DESAFIO.

Já viste a felicidade dos corredores ao completar os 42.195km de uma maratona? Não precisas de tanto mas correr os primeiros 10km, ou fazer um triatio sprint, uma marcha cicloturista, uma prova de orientação, etc, pode ser o desafio que faltava para te disciplinares nos treinos e teres algo para contar no fim.

[ 9] DORME BEM.

O sono é um momento de reparação e reconstrução, infelizmente as alterações de sono levam directamente a que não te sintas bem. Deves ter o cuidado de criar hábitos de sono saudáveis, podes até só dormir 5 ou 6 horas mas devem ser de qualidade. Uma boa cama, um colchão adequado, evita ver televisão ou ir ao computador nem para ver o site da Sport Life uma hora antes, lê um livro, alonga mas não faças abdominais ou exercícios intensos, enfim relaxa e deixa o sono chegar.

10] CRIA HORÁRIOS. A rotina é amiga da tua agenda, o que não acontece se umas vezes acordas tarde outras cedo, tanto almoças às 12 e como trabalhas até estares faminta a meio da tarde e tens mesmo de ir comer. Procura criar uma rotina de horas de levantar e deitar, mesmo ao fim de semana, atrasando até 1 h da hora habitual, treinar, dá prioridade a determinadas tarefas quando começas a trabalhar, deixa a tua mesa arrumada no fim do dia, etc. Tudo isso vai ajudar a diminuir o stress e a conseguires lidar com a pressão pessoal e profissional.

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.