Primeiros socorros

Qualquer que seja a actividades desportiva, desde o fitness ao mundo do futebol, surge a necessidade de estármos rodeados de profissionais e pessoas habilitadas e com formação em primeiros socorros.
Pois é qualdo menos se espera que o perigo está à espreita e mesmo acontece um acidente…
Assim com este pequeno trabalho damos a conhecer algumas áreas de actuação e procedimentos a ter nesses processos.

 

Afogamento

O que se deve fazer em caso de afogamento…

Retirar a vítima imediatamente da água;

Verificar se a  vítima esta consciente, se respira se o coração bate;

colocar a vítima de barriga para baixo com a cabeça virada para um dos lados;

Comprimir a caixa torácica 3 a 4 vezes para fazer sair a água.

 

O que não devemos fazer em caso de afogamento…

Se o afogamento se deu no rio no mar o socorrista não deve:

Lançar-se á água se não souber nadar muito bem;

Procurar salvar o afogado que está muito longe de terra;

Deixar agarrar pela pessoa que quer salvar .

Deve atirar-lhe uma boía ou uma corda.

Asfixia

     Sinais ou sintomas …

 Conforme a gravidade da asfixia podemos ir desde um estado de agitação, palidez, dilatação da pupila (olhos), respiração ruidosa e tosse, a um estado de inconsciência comparado com paragem respiratória e cianose da fase e extremidades (tonalidade azulada).

O que devemos fazer em caso de asfixia…

Numa criança pequena:

Abra-lhe a boca e tente extrair o corpo estranho, se este ainda estiver visível usando o dedo indicador  em gancho ou uma pinça ( cuidado para não empurrar o objecto).

Coloque a criança de cabeça para baixo. Sacuda-a e bata-lhe ao meio das costas entre as omoplatas, com a mão aberta.

Num jovem adulto:

Coloque-se por trás da vitima passe-lhe o braço em volta da cintura. Feche o seu punho e coloque-o logo acima do umbigo.

Cubra  o punho com a outra mão e carregue para dentro e para cima. Repita a operação as vezes que forem necessárias.

Se a respiração não se restabelecer e a vítima continuar roxa faça reanimação/respiração artificial.

Logo que a respiração estiver restabelecida transporte a vítima para o Hospital.

Desmaio

Sinais e Sintomas…

Palidez

 Suores frios

 Falta de forças

  Pulso fraco

O que devemos fazer em caso de desmaio…

Se nos apercebermos de que uma pessoa está prestes a desmaiar:

Sentá-la.

Colocar-lhe a cabeça entre as pernas.

Molhar-lhe a testa com água fria.

Dar-lhe a beber chá ou café açucarados.

Se a pessoa já estiver desmaiada:

Deitá-la com a cabeça de lado e mais baixa do que as pernas.

Desapertar-lhe as roupas.

Mantê-la confortavelmente aquecida.

Logo que recupere os sentidos, dar-lhe a beber chá ou café açucarados.

Consultar o médico posteriormente.

Entorse

Sinais e sintomas…

  A dor na articulação é gradual ou imediata.

 A articulação lesada incha.

 Verifica-se imediata ou gradualmente uma incapacidade para mexer a articulação.

O que devemos fazer em caso de uma entorse…

Evitar movimentar a articulação lesionada.

Aplicar gelo ou deixar correr água fria sobre a articulação.

Consultar o médico posteriormente.

Feridas

O que devemos fazer em caso de feridas…

Antes de tudo o socorrista deve lavar as mãos e calçar luvas descartáveis.

Proteger provisoriamente a ferida com uma compressa esteriliza.

Limpar a pele à volta da ferida com água e sabão.

Lavar, do centro para os bordos da ferida com água e sabão, “Cetavlon” ou similar, utilizando uma compressa a não um algodão.

Secar a ferida com uma compressa em pequenos toques para não destruir qualquer coágulo de sangue.

Desinfectar com álcool iodado a 1% ou Betadine em solução dérmica.~

Hemorragias

Sinais e sintomas…

Sede.

Sensação de frio (arrepios).

Pulso progressivamente mais rápido e mais fraco.

Em casos ainda mais graves:

Palidez.

Arrefecimento, sobretudo das extremidades.

Zumbidos.

Alteração do estado de consciência.

O que devemos fazer em caso de hemorragias

Acalmar a vítima e mantê-la acordada.

Desapertar a roupa.

Manter a vítima confortavelmente aquecida.

Colocá-la em Posição Lateral de Segurança.

É uma situação grave que necessita de transporte urgente para o Hospital.

Reanimação

O que devemos fazer em caso de reanimação…

Perante uma pessoa inerte, em estado de morte aparente, deve:

Procurar descobrir e eliminar a causa da situação.

Verificação se respira.

Verificar se o coração bate.

Se a vitima respira:

Desapertar a roupa;

Colocar a vitima na posição lateral de segurança;

Mantê-la confortavelmente aquecida.


Se a vitima não respira:

 Iniciar ventilação artificial;

Manter a ventilação artificial ate que a vitima respire por si;

  Se o coração não bater após três insuflações rápidas de ar, associar a ventilação artificial a compressão cardíaca externa (massagem cardíaca).

Transportar rapidamente a vitima ao hospital, não parando nunca de fazer a ventilação.

Posição lateral de segurança

A posição lateral de segurança (PLS), deve ser utilizada em toda a pessoa inconsciente porque permite uma melhor ventilação, libertando as vias aéreas superiores.

O que devemos fazer em caso de posição lateral de segurança

Ajoelhe-se ao lado da vítima, volte-lhe a cabeça para si e incline-a para trás para lhe abrir as vias respiratórias.

 Estenda ao longo do corpo da vítima o braço que ficar mais perto de si. cruze o outro braço sobre o peito. Cruze a perna mais afastada sobre a que está mais próxima.

 Ampare a cabeça da vítima com uma das mãos e com a outra agarre-a pela anca mais afastada.

Vire a vítima de bruços, puxando-a rapidamente para si e amparando-a com os joelhos.

 Puxe a testa da vítima para trás, de modo a que a garganta fique direita. Assim, as vias respiratórias manter-se-ão desimpedidas, o que permite que a vítima respire livremente.

 Dobre o braço que fica mais próximo de si para lhe sustentar o tronco. Dobre a perna mais próxima para servir de apoio ao abdómen. Retire o outro braço de debaixo do corpo.

Telefone para providenciar uma ambulância.

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.